Arquivos da Voz do Sabre — Final

Pela última vez: A Voz do Sabre foi uma seção publicada originalmente no site da Jambô Editora — e, mais tarde, na revista Dragão Brasil. A ideia dele era a mesma da Gazeta do Reinado: um “jornal” (no caso um blog de guerrilha) voltado a trazer ganchos de aventura para os jogadores. Enquanto o conteúdo da DB continua disponível para os leitores, o material original foi perdido com as mudanças do website… e estamos fechando o resgate desse acervo.

Eu deixei inclusive um aviso outro dia mesmo nos Arquivos da Voz do Sabre: a fonte estava secando. Um dos objetivos desse site foi resgatar o conteúdo antigo publicado online pela Jambô — descartando, é claro, o material publicado em Arquivos do Sabre (momento propaganda: eu realmente recomendo essa leitura para quem comprou o primeiro livro de Brigada Ligeira Estelar e ainda não pegou o resto. Encare-o como o Livro do Mestre de nosso cenário).

E agora? Bem, provavelmente a Voz do Sabre voltará com o novo BRIGADA LIGEIRA ESTELAR RPG, levando em conta o salto de tempo no cenário. Não sei se ele voltará na Dragão ou no site da Jambô. Mas este não será o último conteúdo antigo a ser posto no ar e, inclusive, estou escalando um para a próxima semana, fechando outra tampa. Não se preocupem: nós sempre continuaremos produzindo material novo para este canto da Constelação do Sabre na internet.

Testemunha incômoda

Um oficial pertencente à Guarda Regencial de Alabarda (cujo nome não vamos revelar ainda) foi expulso ao enfrentar um superior abusivo para defender a honra de sua noiva. Houve um duelo, como de costume; o oficial foi expulso e o seu superior apenas foi afastado por dez dias, para voltar regularmente. Mas por causa disso, o oficial decidiu entregar segredos sujos desse homem para fontes alternativas de informação — e nós nos incluímos entre elas.

Na hora certa, revelaremos os dados na íntegra; mas o que ele tem a revelar é tão grave que, por ora ele está sendo protegido pela própria Brigada Ligeira Estelar, se passando por um de seus oficiais regulares. Esperamos que ele não se entregue no processo; não duvidamos de sua idoneidade, mas esse oficial tende a ser um sujeito muito encrenqueiro e alguns oficiais de confiança nos confessaram: a tentação de mandar esse sujeito às favas é grande…

Aonde tem Carniça…

De acordo com nossas fontes, neste momento, os Patriarcas dos principais clãs de Uziel estão reunidos em Oren — uma cidade de porte médio a 300 Km de Azma, capital regencial do planeta. A bem da verdade, eles não devem se demorar mais do que dois dias, antes de retornar a seus domínios de origem. Independentemente de detalhes, sabe-se que eles estão discutindo dois temas importantes: a reconstrução das áreas devastadas após os ataques ao planeta… 

…e os editais de licitação, tanto das empreiteiras responsáveis por esses serviços de reconstrução, quanto das empresas de próteses ciborgues escolhidas para lidar com o sem mar de mutilados usualmente subsequentes a tragédias como esta. O desnorteamento geral atrasou demais o início da reconstrução de Uziel. Infelizmente, tais disputas de licitação costumam ser festivais de intriga, assassinatos, desinformação, subornos e armadilhas neste mundo.

Tradicionalmente, empresas de todos os mundos (notadamente, de Tarso) mandam representantes e aplicam uns aos outros toda sorte de ardil com participação da grande imprensa (dependendo de quem pagar mais) ao repercutir o truque sujo da vez contra algum alvo. Volta e meia aparecem flagras de casos extraconjugais inesperados ou até mesmo cadáveres que praticam formas criativas demais de suicídio; a polícia é até designada em massa para essas áreas…

… mas, sabe-se bem, os guardas disputam entre si esse serviço pela quantidade de dinheiro gasto em subornos. Por isso, nessa situação especial, fala-se em substituir a polícia pela guarda regencial. Para complicar, a Brigada Ligeira Estelar está estacionada no planeta para evitar uma invasão proscrita em meio a esse caos… e essas duas guardas não se dão muito bem. Tudo pode piorar.

Até a próxima, e que as Estrelas do Universo protejam a todos nós.

* Ver Belonave Supernova, Vol. 2.

Um comentário

  1. “A tentação de mandar esse sujeito às favas é grande…”: dei uma boa risada!

    Decorei que Uziel é o planeta do comércio sujo pelo começo do nome. “Uzi” lembra “use”. E uso de mercadorias está associado a comércio. Além disso, “Uzi” também é o nome de uma famosa família de submetralhadoras. O_O

Deixe uma resposta para Fábio Hideki Harano Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s