Novos Trajes em Brigada Ligeira Estelar

O novo BRIGADA LIGEIRA ESTELAR RPG pretende evidenciar mais claramente a ambientação como uma ficção científica futurista, embora tenhamos toda uma inspiração em conceitos clássicos como Hussardos, Lanceiros e Dragoneiros. É claro, ninguém pensou em removê-los — eles fazem parte da identidade do cenário. Mas seus trajes ainda precisariam ser repensados. Essa é uma Space Opera, ora! Nossos hussardos usam sabres de energia e pilotam robôs gigantes!

O melhor do passado com o melhor do futuro: um traje sci-fi, mas fiel ao
conceito original de “Hussardo no Espaço”. Por Altair Messias.

O encargo dos uniformes oficiais ficou com o artista Altair Messias. Hoje em dia tendemos a esquecer, graças a alguns clichês, que esses eram trajes militares — e esse elemento acabou mais evidenciado na nova versão. Prestem atenção nas botas e nas costuras. E não, a peliça no ombro esquerdo não será descartada! A sua utilidade defensiva foi questionada por muitos, mesmo em seu tempo — mas, diacho, ela durou mais de um século em ombros hussardos!

Parte traseira do Dólmã — e a peliça. Porque um hussardo não é um hussardo
sem peliça. E lembrem da técnica de luta “Manto”. Arte de Altair Messias.

A versão final dos trajes de piloto ficou sob as mãos de Wal Souza. Cheguei a considerar, em certo momento, a possibilidade de atualizar o visual com uma armadura leve, remetendo ao traje anterior criado por Eudetenis. Mas, sejamos francos, os pilotos de robôs gigantes nos animes não usam trajes colantes sem motivo. Eles facilitam o trabalho dos artistas e, sim, apelo também contribui para o elemento novelesco da coisa — não vamos ser hipócritas.

Um piloto hussardo da Brigada Ligeira Estelar, pronto para
entrar em um robô gigante! Arte de Wal Souza.

A primeira aparição do novo traje se deu na capa do último Brigada Ligeira Estelar em 3D&T Alpha, o Arquivos do Sabre, com arte de Israel de Oliveira e trazendo os protagonistas de Batalha dos Três Mundos — Bento Marabá e a Capitã Tereza Augusta de Monte Castelo. Este foi o derradeiro livro com a versão antiga do logo e a iniciativa de trazer os visuais novos veio do artista. Como esse livro fecha um ciclo e abre outro, isso me pareceu… adequado.

À Esquerda, Capitã Tereza Augusta de Monte Castelo. Ao centro, Alferes
Bento Marabá. Ambos com trajes devidamente atualizados. Arte de Israel de Oliveira.

Essas mudanças estão, em termos de background, relacionadas com os eventos posteriores ao segundo volume de Batalha dos Três Mundos. Não vamos dar spoilers aqui: isso será pincelado no novo BRIGADA LIGEIRA ESTELAR RPG de forma a minimizá-los. Esses novos uniformes obviamente são apenas reflexos de algo maior ao seu redor — e de um upgrade tecnológico crucial para a Constelação do Sabre. Disso nós falaremos no futuro, estejam certos.

Até a próxima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s