Arquivos da Voz do Sabre — 29/10/20

Sim, repetindo de novo para quem chega agora: A Voz do Sabre foi uma seção publicada no antigo site da Jambô Editora… e, mais tarde, na Dragão Brasil. A ideia dele era a mesma da Gazeta do Reinado: um “jornal” (aqui, um blog de guerrilha) trazendo ganchos de aventura para os jogadores. O conteúdo da DB continua acessível para os leitores mas o material original foi perdido com as mudanças do website — e nós estamos resgatando partes desse acervo.

Andaram me perguntando quanto material antigo ainda temos para publicar. A resposta é: não sei. Não sei se mencionei isso em algum momento anterior (se eu já tiver falado antes, me desculpem), mas há um último conto da seção “Em Foco” a publicar e me pergunto se eu o farei: além de ser manjado, é o menos ligado aos aspectos de ação do cenário. Eu mesmo não estou republicando todas as notícias da Voz… e nem estou fazendo isso em ordem cronológica.

O motivo disso é valorizar o conteúdo mais atraente na minha avaliação. Boa parte desses textos acabou parcialmente reescrito e ajustado aqui e ali, podem reparar: alguns deles sofreram com certa… inexperiência minha à época e por isso mesmo, mereceram uma turbinada. Outros serão descartados. O importante é ter fontes de aventura — ganchos cronológicos de longo prazo, só como bônus. Dito isto, hora de voltarmos ao nosso anfitrião Fides Antevorte…

Denúncia Quente

Ibex é o planeta mais próximo da estrela Sabre-1 — o mesmo sistema de Altona. Embora sua órbita seja estável, qualquer erro de manobra pode levar uma nave a ser atraída pela gravidade solar… e nesse caso, a tragédia é inevitável. Como costuma ocorrer em planetas próximos demais das suas estrelas, ele não tem atmosfera: a mesma face costuma permanecer voltada de frente para o Sol graças ao efeito gravitacional do astro maior, afetando sua rotação.

Isso mergulha um dos lados no zero absoluto enquanto o outro é bombardeado por um calor insuportável. Vôos tripulados para este mundo são proibidos sem autorização e talvez por isso seja assustadora a notícia da presença de técnicos em colônias mascon na estreita área intermediária do planeta, visivelmente forçados a manter maquinários de exploração e mineração — para não serem largados à morte certa por execução ou abandono no ambiente inóspito.

Não podemos veicular fotos ainda, à pedidos da fonte, mas elas são revoltantes. Para piorar, devido ao magnetismo particular de um lugar como esse, a viabilidade das colônias mascon pode ser prejudicada por qualquer tempestade magnética. Forças milicianas estão efetuando o policiamento nesse mundo e os uniformes não escondem: é claramente a TIAMAT. Se ela está envolvida, certos setores interessados da nobreza também estão! Aguarde desdobramentos!

Segurança, Urgente!

Após os recentes eventos no planeta Uziel, o trânsito entre este e outros planetas ainda está parcialmente comprometido: teme-se uma nova leva de destruição e, por isso, doações da Constelação para as vítimas no Meridiano da Morte não tem chegado com tanta facilidade. Isso levou celebridades locais a se organizarem para shows beneficentes, levando entretenimento para as zonas mais atingidas e, de quebra, entregando donativos do resto desse mundo.

Infelizmente as autoridades planetárias — cuja eficiência se revelou muito questionável em meio a essa crise — não tem condições de autorizar a entrada de civis em tais áreas de calamidade sem equipes de segurança e obviamente elas não vão ceder suas tropas de hussardos e lanceiros para bancar leões de chácara gigantes em shows de música. Por outro lado, quais empresas de segurança embarcariam nesse risco quando há serviço fácil do tipo em Uziel?

Sem voluntários dispostos a pilotar robôs gigantes, a iniciativa humanitária toda pode ir pelo ralo e os suprimentos doados terminarão perdidos ou esquecidos num canto. As ameaças são concretas: os transportes e até mesmo os shows podem ser atacados por saqueadores armados, milícias surgidas em meio aos sobreviventes — ou até mesmo pelos bons e velhos bandidos de sempre: eles adorariam pôr as mãos no fluxo dos materiais necessitados por tantos…

De Noite, na Cama, eu Fico Pensando…

O assunto da vez em Leocádia, Capital Imperial, é a belíssima cortesã Lupa Vorena — de origem desconhecida… e sotaque ambíguo. Os duelos em seu nome já levaram a um número enorme de feridos entre oficiais da Brigada Ligeira Estelar, da Guarda Regencial de Albuquerque e até mesmo da Elite do Sabre. No entanto, uma fonte quente nos afiançou: ela é uma esper muito perigosa, ainda não detectada pelo Instituto Takemiya por ter sido muito bem treinada.

Duelos entre pretendentes ciumentos são vistos por cortesãs como diversão sádica. Todos sabem disso mas a coisa vai além: graças a seus encantos, determinado nobre (cujo nome não revelaremos a pedido da fonte) assinou um acordo responsável por liberar recursos para a obtenção de uma quantidade não especificada de belonaves para particulares… com a anuência de figurões do judiciário! Se ela não foi treinada pelo Instituto, quem está por trás dela?

Lupa Vorena não é seu verdadeiro nome, mas um nome de guerra. Algo comum entre cortesãs mas, no caso dela, tantos segredos parecem um tanto… excessivos demais. Quais são suas verdadeiras intenções? Quem é ela e a quais interesses serve? Ah, sim — vimos imagens da moça. A ala masculina da redação garante: ela não precisa de poderes mentais para virar a cabeça alheia, podem acreditar.

Até a próxima e que as Estrelas do Universo protejam a todos nós.

Um comentário

  1. Cortesão é cilada. Esper então…
    O segundo gancho é legal pra primeira aventura de campanha, pra juntar todo mundo (o oficial desobediente da Brigada, o mercenário coração mole e o aventureiro cabeça quente não vão se reunir sozinhos).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s