Academias do Sabre: no Discord

Uma das realidades geradas pela pandemia foi a popularização do RPG online em servidores como o Discord. Faz sentido, na verdade. Em tempos como os nossos, esse é um entretenimento perfeito em contextos de isolamento social: você pode jogar na segurança de sua casa, assim como os demais. Isso gerou iniciativas curiosas: servidores de RPG com muitas, muitas pessoas presentes… diferentes mestres tocando NPCs e tudo interligado em um mesmo ambiente…

…algo bem conveniente para uma academia de pilotos. Como eu disse, cedo ou tarde voltaria a esse assunto e esse é um tópico conveniente para trazê-lo de volta. Mas como fazê-lo? Bom, recentemente ando jogando em um servidor privado de RPG no Discord (em inglês) com mais de trinta jogadores e sistema próprio. Nada sci-fi, na verdade (pensem em uma universidade de elite secretamente voltada à criação dos defensores do mundo contra ameaças mágicas).

Tem sido conveniente para mim: você tem uma grade de tempo predeterminada e, nela, define as ações pelas quais evoluirá. Feito isso, você pode fazer roleplay à vontade nas várias salas do servidor. É tudo por escrito, ganhando uma cara de telenovela, mas as tramas levam a eventos organizados pelos mestres aonde temos ação física para os interessados. Não vou entregar o servidor mas creio não haver problema em tirar ideias disso para os jogadores…

E não adianta, bots de rolagens de dados são tão sacanas quanto os dados da vida real.

1. Você Não Fará Isso Sozinho

Em primeiro lugar, a palavra-chave é QM (Quest Master): em canais como o 4chan, existem as Quests — jogos de RPG nos quais os jogadores votam as ações de um único protagonista — e desse modelo surgiu o Skirmish: uma… campanha militar aonde se vai de batalha em batalha, com pausas no meio) aonde cada um controla um personagem. Aqui invertemos o modelo do skirmish, fazendo os jogadores rolarem nas pausas e com os combates sendo a interrupção disso.

Mas qual a função dos QM? Bem, eles são jogadores e participam como tal, tendo seus próprios turnos e participando com seus personagens. Mas tem poder de mestre e moderador em em um servidor como esse, garantindo que os jogadores farão seus RP (roleplays) no lugar certo, sob as zonas de tempo preestabelecidas. Isso depende de quem interagir com os personagens, sejam outros jogadores — ou os próprios QM. É preciso ter alguém disponível no momento.

Apesar dos pilotos, o foco é a integração entre personagens. Daí a importância dos QMs.

Mas há mais: certas facções internas e, por que não? Disputas políticas podem ser pensadas de antemão, mas no geral o importante para os QMs é ter uma ideia das tramas centrais e do sistema. O cenário precisa ter uma boa construção também, mas apenas o suficiente: pano pra manga é fundamental… mas deixe em aberto os pormenores. É muita coisa e por isso mesmo é interessante limitar o número de jogadores. Três por QM, em média, está de bom tamanho.

Esses limites tem motivos. Caso o local fique lotado, os QMs não darão conta — e todo mundo tem sua própria vida a tocar. A vantagem desse formato é cuidar disso apenas no tempo livre, encontrando quem estiver à disposição, interrompendo conversas e retomando-as depois se preciso. Mas claro, os jogadores precisam, ao declarar suas ações, estabelecer a hora e local de seus RPs. Cabe ao QM garantir que ele não esteja em dois lugares ao mesmo tempo.

Soukou no Strain: facções e picuinhas são inevitáveis em um lugar como este.

2. Organize o Local

Como diria o velho Chacrinha, para desorganizar é preciso estar tudo muito bem organizado. Vocês vão montar várias salas, aonde os personagens jogadores circularão. Uma boa estrutura é:

# Bem-Vindo (para os jogadores se apresentarem)
# Regras (as regras do servidor e do jogo — ou os links de onde encontrá-las)
# Novidades (anúncios para mudanças no servidor e eventos maiores)
# Discussão Geral (bom, o nome é auto explicativo)
# Música (precisa dizer?)

Aqui entramos nas áreas principais. Elas vão abrigar várias salas, mas primeiro, vamos determinar aonde será nossa campanha. Como a ideia aqui é oferecer subsídios para sua “Academia do Sabre”, vamos estabelecer algo menos transitório do que o mero campo de treino para novos pilotos: um centro de preparação avançada de oficiais, ao qual você pode pleitear durante o seu período de treino. Caso alcance as devidas marcas, você conseguirá ser aceito.

Treinem, treinem, treinem!

Isso significa que, no fim, eles entrarão em ação um pouco mais velhos — mas com maior capacidade para galgar postos mais altos, em menos tempo, no futuro. É um conceito criado um pouco impensadamente, vou admitir, mas muito conveniente para esse formato de jogo. Feito isso, hora de estabelecer as dependências da academia e algumas zonas extras do seu servidor, como a Miscelânea. Veremos um modelo de como isso poderia ser feito em nossa campanha.

CENTRO DE FORMAÇÃO AVANÇADA PARA OFICIAIS DA BRIGADA LIGEIRA ESTELAR (CEFAO-BLE)

> MISCELÂNEA
> ACADEMIA
> ACADEMIA LAM
> DORMITÓRIO MASCULINO RP
> DORMITÓRIO FEMININO RP
> COLÉGIO FORTUNATO RP
> SIDE-QUESTS
> CHAT DE VOZ

É claro, se preparem: os QMs fatalmente criarão novas zonas no futuro de acordo com as necessidades dos jogadores. Mas estabelecido isso, é hora de povoar cada área com suas salas. Pense de forma utilitária: quais são essas necessidades?

Criar salas é povoar todas as dependências para os treinandos, do ginásio à cantina.

> MISCELÂNEA
# NSFW
(para você não abrir durante o trabalho)
# Imagens (para imagens aleatórias não proibitivas durante o trabalho)
# Shitposting (flood de memes aqui)

A Miscelânea existe para temas à parte — e, no caso de certas salas, para proteger os demais jogadores: elas servem para poupá-los da falta de noção alheia, então recomendo sua existência (supondo que todos sejam adultos). Os QMs precisam ser firmes ao restringir esses conteúdos nelas.

De resto, agora é hora de povoarmos as salas restantes de seu servidor. Mas vamos fazer o seguinte: este artigo já está enorme, então semana que vem falaremos sem falta sobre como montar as dependências de sua academia e dos arredores, combinado? Agora vamos nos focar ao que muita gente está esperando: aonde entra a ação, os duelos de espada e os robôs gigantes disparando mísseis em meio a isso tudo? Bom, vamos aos LAMs — o modo de “Live Action”.

É claro, em algum momento vai ser a hora de pilotar robôs gigantes!

3. Entrando em Ação

O “Live Action Mode”, vulgo LAM, representa os momentos no qual o fator jogo de mesa se impõe na prática. A incidência deles depende do quanto a equipe de QMs aguenta, mas no geral eles devem ser reservados para os arcos pessoais mais importantes de um personagem — ou pra eventos específicos. Se a Academia sofrer um ataque em massa pela TIAMAT, por exemplo, será um bom momento para abrir uma LAM em especial… mas este não é o único uso do recurso.

Se um personagem pertencer à nobreza e for envolvido em uma reunião de seu clã, este pode ser tratado como um evento — se tivermos consequências perenes na trama geral, melhor. Mas interpretar aliados, amigos, namoradinhas e outros coadjuvantes pode cansar a equipe de QMs rápido, então deve ser minimizado. Aparições breves de coadjuvantes em meio ao RP são aceitáveis, principalmente se isso for amarrado a alguma ação do personagem em seus turnos.

Tramas correm nos canais normais, mas os LAMs podem providenciar seu desfecho explosivo.

É claro, aqui os bots com rolagens de dados são importantes. Lembrem-se sempre do papel dos QMs: eles também acabarão delimitando o quanto você consegue escrever e o ritmo dos eventos. Isso não significa ausência de rolagens convencionais nos momentos de RP nas salas normais, mas o LAM permite um isolamento dessas sequências — impedindo-os de paralisar o fluxo das demais salas durante esses eventos maiores. Basta os interessados migrarem para lá.

De resto, LAMs não deveriam ser abertos pra toda e qualquer interação com coadjuvantes — isso é reservado pra resultados de turno convencional, nas salas normais. Não estranhe. Se o Skirmish privilegia o combate, essa estrutura privilegia conversações e integração pessoal. Por isso ela é interessante para quem estiver mais interessado em interpretação. No entanto, isso acaba por valorizar esses momentos de grande escala. Eles se tornam especiais.

Falamos de final explosivo para sua trama?

4. Só Mais Algumas Palavras

De resto, lembrem-se: esse formato privilegia a escrita. Então, um jogador mais presente e articulado ao escrever fatalmente se beneficiará dessa estrutura e se destacará dentro dela. Mas os QMs são fundamentais nesse papel, interagindo quando outros jogadores buscam quem o faça e não os encontram no horário, por exemplo. Algum dentre eles vai cuidar de atualizações nas regras ou introduções de novas linhas de trama. É trabalhoso, aviso desde já.

Mas os resultados valem a pena. Você vê uma história maior construída em várias frentes a partir das interrelações entre os personagens — e eles mesmos introduzem várias tramas novas (as LAMs não existem à toa). E para os interessados em uma campanha de “Academias do Sabre”, este me parece ser o melhor formato. Bom, até a próxima semana quando completaremos esse artigo com o item faltante: como organizar essa bagunça no seu servidor. Divirtam-se.

Espera-se que todos se graduem… um dia. Até lá, a novela pode durar uma eternidade!

IMAGEM DO TOPO: Darling of The Franxx. Convenhamos, ponham um bando de jovens de trajes de piloto justos, juntos, e o que teremos é novelinha. Convenhamos que uma estrutura como essa facilita esse tipo de abordagem…
DISCLAIMER: Darling of the Franxx é propriedade de Trigger, Inc.; The Pilot’s Love Song é propriedade de Koroku Imamura (anime via TMS/3xCube e Tokyo MX); Alderamin on the Sky é propriedade de Bokuto Uno (anime via Madhouse e Tokyo MX); Blood-C: The Last Dark é propriedade da Production I. G.; Mobile Suit Gundam e Mobile Suit Gundam Age são propriedades da Sunrise, Inc.; Soukou no Strain é propriedade da Happinet e Studio Fantasia.
Agradecimentos sinceros ao Daniel pelos esclarecimentos sobre o funcionamento prático desse modelo.

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s